Breaking News
recent

28 de set de 2016

Destaques do Governo da Paraíba

Destaques do Governo da Paraíba


Hospital de Trauma de João Pessoa faz escuta qualificada com familiares de pacientes

Posted: 28 Sep 2016 01:36 PM PDT

Todos os dias, no Acolhimento Familiar do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, o setor de Serviço Social desenvolve um trabalho de escuta qualificada com os familiares dos pacientes internos. São momentos de interação, quando são apresentadas as normas e rotinas da unidade hospitalar e esclarecidas dúvidas.

As palestras são realizadas pela assistente social Rejane Rodrigues. "É no Acolhimento Familiar da instituição que orientamos sobre os horários de visita nas diversas áreas do hospital; encaminhamos, quando necessário, para o atendimento psicológico e, muitas vezes, para o de enfermagem, pois, devido às condições emocionais, algumas pessoas apresentam sintomas de hipertensão; enfim, é dado suporte dentro da perspectiva do Serviço Social", esclareceu

Maria de Lourdes da Silva, familiar de um paciente que se encontra interno no complexo hospitalar em decorrência de acidente de moto, falou sobre a palestra que assistiu. "Achei muito importante as informações passadas pela assistente social. Eu fiquei sabendo sobre o estado de saúde do meu sobrinho de uma forma muito profissional, e ainda fiz perguntas que foram respondidas muito bem", afirmou.

A coordenadora do Serviço Social do Hospital de Emergência e Trauma, Francisca Neuma Ribeiro, disse que o espaço físico onde foi instalado o Acolhimento Familiar é bem apropriado para abrigar parentes e também amigos de vítimas. "Trata-se de um ambiente climatizado, próximo de banheiros e com oferta de água para todos. É um local onde é dada assistência a essas pessoas que chegam ao hospital aflitas por notícias de entes queridos", destacou.

Equipe do Serviço Social – São 35 assistentes sociais trabalhando no complexo hospitalar e o Htop 24 horas. Para mais esclarecimentos, existe um telefone à disposição da população: 3216-5752.

Varejistas que faturam acima de R$ 3,6 milhões passam a emitir Nota Fiscal Eletrônica ao Consumidor

Posted: 28 Sep 2016 01:35 PM PDT

Os estabelecimentos do comércio varejista da Paraíba com faturamento acima de R$ 3,6 milhões, no exercício de 2014, vão passar a emitir a Nota Fiscal Eletrônica ao Consumidor (NFC-e) a partir deste sábado (1º). A data já estava prevista desde março deste ano, quando foi publicada uma portaria no Diário Oficial Eletrônico (DO-e) da Receita Estadual com prazos do novo calendário de implantação da NFC-e.

O novo serviço implantado para os varejistas faz parte da modernização da Receita Estadual, que traz redução de custos para empresas do setor, garante transparência e permite acesso ampliado do cupom fiscal aos consumidores.  As empresas de varejo, que ainda não realizaram o credenciamento, precisam realizá-la até esta sexta-feira (30). Todas as empresas do CNAE de varejo com faturamento acima de R$ 3,6 milhões deverão já emitir o cupom fiscal pelo novo modelo a partir do próximo sábado (1º).

PASSO A PASSO – Para emitir o NFC-e, a empresa deve seguir dois passos: o primeiro é fazer o credenciamento no portal da SERVirtual. O segundo é gerar o código CSC. O credenciamento é liberado no mesmo dia e o código CSC é gerado automaticamente. O link direto para o credenciamento no portal da NFC-e é o seguinte:

https://www.receita.pb.gov.br/ser/servirtual/documentos-fiscais/nfc-e/credenciamento-nfc-e

SEGMENTOS JÁ INCLUÍDOS – As empresas do varejo com receitas acima de R$ 3,6 milhões serão o sétimo segmento incluído no programa de Nota Fiscal Eletrônica ao Consumidor (NFC-e). A obrigatoriedade foi iniciada em julho de 2015 com as empresas varejistas com faturamento superior a R$ 25 milhões ao ano. Em agosto do ano passado, foi a vez das empresas do comércio varejista de combustíveis de Gás Liquefeito de Petróleo (postos de combustíveis) e revendedores de gás de cozinha. Em outubro, o cronograma incluiu o segmento de bares, restaurantes, lanchonetes, buffet, casas de chá, cantinas e similares. Em dezembro do ano passado, o quarto grupo foi o de comércio varejista de bebidas com faturamento acima de R$ 600 mil no ano.

Neste ano, o calendário incluiu as empresas com faturamento acima de R$ 9 milhões (em janeiro) e, no último mês de julho, chegou a vez das empresas com faturamento acima de R$ 5,5 milhões (julho). O calendário de obrigatoriedade da NFC-e vai ser concluído, em janeiro de 2017, quando as empresas com faturamento até R$ 3,6 milhões serão incluídas.

REDUÇÃO DE CUSTO – A implantação do novo serviço da NFC-e tem como objetivo reduzir os custos das empresas varejistas com a dispensa do uso de impressora fiscal ECF (Emissor do Cupom Fiscal), pois cria a possibilidade de abrir novos caixas de pagamento com impressoras não fiscais. Já para o consumidor, além da compra ficar mais simplificada, terá acesso aos documentos fiscais, que ficarão arquivados de forma eletrônica, no portal da SER-PB (www.receita.pb.gov.br), garantindo autenticidade de sua transação comercial e recuperação do cupom fiscal a qualquer momento.

ACESSO VIA QR-CODE - O consumidor também poderá consultar a nota no Portal ou receber tudo via e-mail. O código QR-Code será impresso no Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (DANFE NFC-e), que conterá mecanismo de autenticação digital, baseado em código de segurança fornecido pela SER-PB ao contribuinte.

 

Governo do Estado realiza atividade alusiva ao Dia Mundial do Coração

Posted: 28 Sep 2016 01:20 PM PDT

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realiza nesta quinta-feira (29), uma ação de prevenção às doenças cardiovasculares para marcar o Dia Mundial do Coração. Das 9h ao meio-dia, no Shopping Tambiá, serão oferecidos serviços de verificação de pressão arterial, orientações de prevenção às doenças cardiovasculares, além de combate aos fatores de risco, como tabagismo, obesidade, diabetes, colesterol e sedentarismo.

"As ações em comemoração ao Dia Mundial do Coração têm por objetivo prevenir e combater os fatores de risco modificáveis, como tabagismo, colesterol alterado, hipertensão arterial, inatividade física, sedentarismo, sobrepeso ou obesidade, presença de diabetes e alimentação inadequada, que contribuem para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares, mostrando a importância de se adotar hábitos saudáveis", disse a chefe do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, Gerlane Carvalho.

De acordo com o cardiologista da SES, Fábio Almeida, as doenças cardiovasculares são as que mais causam mortes no mundo. "Aproximadamente 34% das mortes em todo mundo ocorrem em decorrência de doenças cardiovasculares – infarto e AVC. No Brasil, em 2015, 346 mil pessoas morreram por doenças cardiovasculares – uma pessoa morre a cada quarenta segundos por doenças do coração, no país", informou.

O evento é realizado em parceria com a Sociedade Brasileira de Cardiologia – Região Paraíba, Liga Acadêmica de Cardiologia da Paraíba (LAC/PB), Liga de Cardiologia Pessoense (LICAP) e Liga Acadêmica de Emergências Clínicas da Paraíba (LAECPB).

Sobre a doença – As doenças cardiovasculares são um conjunto de problemas que atingem o coração e os vasos sanguíneos. Segundo o Ministério da Saúde, elas lideram as causas de morte no Brasil, assim como na média dos países do mundo, respondendo por cerca de um terço do total de óbitos.

Essas doenças têm apresentado cada vez mais incidência na população, isto porque a vida moderna estimula o sedentarismo e uma alimentação inadequada. Estima-se que no Brasil existam, pelo menos, 600 mil pessoas que convivem com algum tipo de problema cardíaco. Apesar de mais comuns a partir dos 45 anos, as doenças cardiovasculares são resultado da combinação de fatores de risco – como tabagismo, colesterol alto, diabetes e pressão alta – durante anos e anos.

As doenças cardiovasculares mais comuns são infarto, insuficiência cardíaca, má circulação, arritmias e derrame cerebral. Os maiores fatores de risco para essas doenças são colesterol alto, tabagismo, pressão alta, obesidade e sedentarismo.

Prevenção – A melhor forma de prevenir ou adiar ao máximo o surgimento de doenças cardiovasculares é levar uma vida saudável. Os cuidados começam com a alimentação, que deve privilegiar vegetais, gordura vegetal, cereais e frutas. O consumo exacerbado de carnes, gordura animal, derivados do leite, açúcar e cerveja leva a problemas cardiovasculares. Sal em excesso também é perigoso, especialmente para quem tem pressão alta. A boa alimentação pode evitar problemas de colesterol, pressão alta e obesidade.

Praticar exercícios físicos regulares é o segundo passo para cuidar da saúde do coração. A atividade física beneficia o controle da pressão arterial, do colesterol e também da glicose, além de ajudar a emagrecer. Também é importante manter distância do cigarro.

Além desses cuidados no dia-a-dia, todas as pessoas – mesmo as que se sentem absolutamente saudáveis – devem visitar o consultório médico com regularidade, ao menos uma vez por ano.

Não se deve aguardar o aparecimento de problemas porque colesterol alto e hipertensão são assintomáticos. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que a medição do colesterol no sangue seja feita periodicamente, a partir dos 20 anos. Mas é bom lembrar que nem mesmo as crianças estão livres do problema.

Quem fuma, tem colesterol alto, hipertensão arterial, diabetes, é obeso ou sedentário, ou ainda têm pais ou irmãos com problemas cardiovasculares deve ter atenção redobrada. Nesse grupo estão as pessoas que têm maior tendência a sofrer do coração. O velho ditado é ainda o mais apropriado: prevenir é o melhor remédio – principalmente para o coração.

Prevenção ao suicídio é tema de palestra na Central de Polícia Civil

Posted: 28 Sep 2016 01:05 PM PDT

O Núcleo de Saúde Ocupacional (NSO) da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) promoveu nesta quarta-feira (28) uma palestra de prevenção ao suicídio. O mês de setembro é escolhido para a discussão do assunto, dentro da campanha internacional conhecida por "Setembro Amarelo". O evento aconteceu no auditório da Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, e contou com a presença de policiais civis e de servidores administrativos.

A palestra foi iniciada às 9h com o médico residente de Psiquiatria Tiago Nunes, da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Além da explanação do médico, o encontro teve também a participação de integrantes do Núcleo de Saúde Ocupacional da Seds, que realizaram discussões, debates e integrações em torno do tema.

De acordo com a realizadora da palestra, Susicleide Carreiro, o evento teve como objetivo alertar a todos a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e também suas formas de prevenção. "É preciso derrubar o tabu do silêncio sobre o tema que dificulta a identificação do problema e faz com que as pessoas deixem de procurar ajuda. Por estes motivos, este espaço para um debate é tão importante", disse.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Paraíba já imunizou mais de 19 mil crianças na Campanha de Multivacinação

Posted: 28 Sep 2016 12:53 PM PDT

A Paraíba já imunizou 19.632 crianças menores de 5 anos na Campanha de Multivacinação, que teve início em todas as Macrorregiões de Saúde do Estado no dia 19 de setembro. O 'Dia D' aconteceu no dia 24 de setembro, no município de Bayeux, e a Campanha segue até a próxima sexta-feira (30).

A Campanha de Multivacinação tem o objetivo de atualizar a caderneta de vacinação e melhorar a cobertura vacinal de crianças menores de 5 anos e na faixa etária de 9 a menor de 14 anos – a inclusão dos adolescentes é uma novidade desta edição. Por se tratar de uma avaliação e atualização das cadernetas, esta campanha não tem metas a cumprir.

Até então, foi registrado no sistema que 44.675 crianças menores de 5 anos compareceram às unidades de saúde. Destas, 19.362 tomaram alguma vacina (ou seja, tinham atraso no cartão). Foram aplicadas 40.331 doses – salientando que, proporcionalmente, cada criança tomou, pelo menos, duas doses de vacina.

"A campanha foi criada porque observamos que muitos pais deixaram atrasar algumas vacinas de várias crianças e adolescentes. Nossa missão é colocar as cadernetas do público-alvo em dia. Vacinar muitas crianças e adolescentes nesta campanha não é, de todo, um dado positivo, porque mostra que muitos cartões estão atrasados e que, consequentemente, a vigilância não está boa", explicou a chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga.

As crianças que estão com as cadernetas atrasadas devem tomar as vacinas que já estão disponíveis nos postos de vacinação. As vacinas disponibilizadas durante a Campanha Nacional de Multivacinação serão: BCG, Hepatite B, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VOP (Vacina Oral Poliomielite atenuada), Rotavírus, Pentavalente, Pneumo 10, Meningo C, Tríplice Viral, Tetraviral/Varicela, DTP (Tríplice Bacteriana), Dupla Adulto, HPV, Hepatite A e DTP Acelular. Destas, três são específicas para adolescentes: HPV, Tríplice Viral e Dupla Adulto, que é a antitetânica.

"É bom frisar que o importante é não deixar as vacinas atrasarem. Nossa recomendação é que a atenção básica fortaleça a vigilância do monitoramento das cadernetas de vacinação. As unidades de saúde têm as mesmas cadernetas que os pais, com as mesmas informações. Os agentes de saúde e os enfermeiros devem ficar atentos para cobrar dos responsáveis pelas crianças que as levem para serem imunizadas no período correto", pontuou Isiane.

A Campanha de Multivacinação segue até a próxima sexta-feira (30). "Nosso alerta é que os pais levem as crianças e adolescentes com suas respectivas cadernetas aos postos de vacinação para que sejam avaliadas, independente de estar em dia ou não. Isso é importante porque, além da avaliação, existe o Boletim de Comparecimento que registra, caso a caderneta esteja em dia, o comparecimento da criança ou do adolescente no posto de vacinação. Caso a criança ou adolescente tenha deixado de tomar alguma vacina oferecida pelo Calendário Nacional de Vacinação, as doses serão atualizadas", ressaltou Isiane.

Ela reforçou, ainda, que é preciso redobrar a atenção para o chamamento dos adolescentes, para que possam receber as vacinas. "É imprescindível que os profissionais de saúde dos municípios desenvolvam estratégias para atrair os adolescentes aos postos de vacinação. É importante salientar, também, que a cobertura vacinal do HPV está baixa, então vamos aproveitar o momento para mudar esta realidade e colocar em dia a imunização das adolescentes que ainda não tomaram a vacina", alertou.

 

Corpo de Bombeiros participa das ações integradas de segurança nas eleições 2016

Posted: 28 Sep 2016 12:42 PM PDT

O Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) inicia nesta quarta-feira (28) os trabalhos do período eleitoral de 2016, a fim de garantir o livre exercício da cidadania. As ações começam com o envio de militares para o interior do Estado, onde será empregada a maior parte do efetivo.

No total, 222 bombeiros militares serão distribuídos no Estado durante o período das eleições deste ano, para reforçar o plano integrado juntamente com os demais órgãos operativos do Sistema de Segurança Pública e Defesa Social, apoiando o trabalho da Polícia Militar na guarda de urnas.

Com as fases de preparação, planejamento e capacitação, execução e por fim a avaliação dos resultados, as ações realizadas pelo Corpo de Bombeiros durante o pleito eleitoral visam garantir a segurança da população através do emprego das guarnições que compõem as Unidades de Resgate nos principais corredores da capital e de Campina Grande, assim como as estradas que levam ao interior do Estado.

Os Centros de Comando de Controle montados estrategicamente em cada Comando Regional de Bombeiro Militar (CRBM) contarão com pontos base de viaturas do tipo Auto Bomba Tanque (ABT), Auto Resgate (AR) e Auto Busca e Salvamento (ABS). O CBMPB ainda atuará nas ações de Prevenção de Incêndio, Busca e salvamento (guarda-vidas), Atendimento Pré-hospitalar.

Polícia Civil emprega mais de mil policiais para reforçar segurança nas eleições na PB

Posted: 28 Sep 2016 12:30 PM PDT

A Polícia Civil da Paraíba vai trabalhar com o reforço de 1.062 homens e mulheres distribuídos em 230 equipes, entre delegados, agentes de investigação e escrivães durante as eleições deste ano. O efetivo será deslocado para as maiores cidades do Estado, juntamente com as equipes de plantão e expediente, atuando em ocorrências de crimes comuns e nas ocorrências eleitorais, de forma supletiva, nas cidades em que não haverá cobertura da Polícia Federal.

O trabalho da Polícia Civil ainda vai contar com plantão de delegacias especializadas, como Homicídios, Repressão a Entorpecentes (DRE), a de Repressão de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) e Grupo de Operações Especiais (GOE) e Grupos Táticos Especiais (GTE).

De acordo com o delegado geral adjunto da Polícia Civil da Paraíba, Isaías Gualberto, gestores da instituição estarão presentes a partir da sexta-feira (30) também nos Centros Integrados de Comando e Controle (CICC) nas cidades de João Pessoa, Campina Grande e Patos, juntamente com outras instituições e juízes eleitorais. "Esses Centros funcionam em todas as eleições desde o início desta gestão, a fim de monitorar as ocorrências em tempo real e atendê-las da forma mais ágil possível. Ainda segundo o delegado, nas eleições passadas, somente no 2º turno, a Polícia Civil foi responsável pela instauração de 69 procedimentos eleitorais e 369 procedimentos de crimes comuns", frisou.

Plantões em João Pessoa e Campina Grande – Na cidade de João Pessoa, a Central de Polícia Civil vai ficar aberta de 8h às 22h, durante o sábado e domingo, para registro de Boletim de Ocorrência, sem prejuízo do funcionamento da Central de Flagrantes e das especializadas. Equipes também vão estar disponíveis para, se necessário, efetuarem deslocamento para as demais 26 cidades abrangidas pela 1ª Superintendência de Polícia Civil (SRPC) e apoio à Polícia Federal no caso de crimes eleitorais.

Em Campina Grande, a Central de Polícia Civil, no bairro do Catolé, vai receber reforço. O plantão começa às 8h do sábado e vai até as 8h da segunda-feira, 3, com uma equipe específica para o registro de boletins de ocorrência e uma terceira equipe para atendimento de crimes comuns, além das duas que comumente estão no plantão. Ainda serão distribuídas outras três equipes extras para as cidades de Lagoa Seca, Boa Vista e Massaranduba.

Ricardo inaugura Adutora Jandaia e garante água para 26 mil habitantes

Posted: 28 Sep 2016 12:22 PM PDT

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta quarta-feira (28), a adutora Jandaia, em Cacimba de Dentro, que vai levar água para as residências deste município e das cidades de Riachão, Dona Inês, Tacima, Damião e do Distrito Logradouro. A adutora Jandaia tem 18 km de extensão e vai beneficiar aproximadamente 26 mil habitantes. Foram investidos R$ 9,5 milhões na obra.

Em seu pronunciamento, Ricardo comentou que a água é um bem essencial para o povo porque traz mais qualidade de vida para todos. "A chegada desse líquido representa desenvolvimento para os comerciantes que precisam da água para manter seus estabelecimentos com boas condições e para a população que agora pode realizar atividades básicas com mais facilidade e agilidade. Eu sei da luta de vocês para que o abastecimento d'água virasse realidade. E vi agora, no momento em que abri simbolicamente a torneira, a emoção nos olhos do povo. Isso é muito gratificante e tenho orgulho em dizer que esta é a gestão que mais entregou obras na área hídrica na Paraíba. Somente na adutora de Jandaia foram quase R$ 10 milhões investidos. O sistema adutor Jandaia vai desafogar Canafístula II, o qual ficará abastecendo apenas os municípios de Solânea e Bananeiras. Usem bem essa água tão preciosa", falou.

Ainda de acordo com Ricardo Coutinho, a adutora Jandaia é mais uma obra inaugurada dentro da Primavera das Águas. "Nos últimos dias, inaugurei a adutora de Aroeiras, Natuba, Conceição, Areia, a Barragem Nova Camará, o sistema adutor Nova Camará, entre outras obras que fazem parte do que nós estamos chamando de Primavera das Águas. Esse é o caminho que estamos fazendo rumo ao desenvolvimento, são obras e ações por toda a Paraíba", concluiu o governador.

O presidente da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Marcus Vinícius, destacou que, mesmo em um momento de crise financeira e hídrica, o Governo do Estado consegue superar as dificuldades e concluir obras. "Na realidade hoje cumprimos mais uma etapa desta obra que traz o benefício da água para a população que estava dependendo de um manancial que praticamente estava exaurido, o Canafístula II. Com isso, aproveitamos a água da Barragem Jandaia, construída pelo Governo do Estado, e trazemos água para o povo. Fico muito feliz por entregar à população o que lhe é devido, que é o direito a ter abastecimento d'água", disse.

Esse governador transforma a realidade da Paraíba. Mesmo com a crise nacional, ele leva água, estradas e outras obras para o benefício do povo. Riachão, Dona Inês, Tacima, Cacimba de Dentro e outras localidade podem agora ter água de qualidade", destacou o deputado estadual Tião Gomes.

O professor Carlos Geraldo disse que a inauguração da adutora Jandaia é um momento de alegria e agradecimento. "Estamos muito felizes com essa obra que traz água para nosso povo. Um sonho concretizado se torna a alegria da população. Hoje Cacimba de Dentro se enche de felicidade por ter água de qualidade nas torneiras. Agradeço ao governador e a todos que contribuíram para a realização da obra", enfatizou.

"Moro em Cacimba de Dentro desde que nasci e ter água por aqui era uma coisa rara. A gente já passou meses sem uma gota nas torneiras. Tem umas caixas d'água nas ruas que enchiam de vez em quando, mas não era suficiente nem pra dois dias. Agora a situação mudou, Graças a Deus e ao governador. Desde ontem a água está chegando às nossas casas e com água tudo fica mais fácil", comemorou a aposentada Célia Cândido.

ricardo adutora de cacimba de dentro foto francisco franca (20) ricardo adutora de cacimba de dentro foto francisco franca (5) ricardo adutora de cacimba de dentro foto francisco franca (1) ricardo adutora de cacimba de dentro foto francisco franca (19)

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Aesa prevê chuvas passageiras para a faixa litorânea nesta quinta-feira

Posted: 28 Sep 2016 08:41 AM PDT

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) prevê possibilidade de chuvas passageiras com nebulosidade variável para a faixa litorânea, nesta quinta-feira (29). A previsão é que no Agreste e Brejo ocorra sol com variação de nuvens.

Para a região do Semiárido (Cariri-Curimataú, Alto Sertão e Sertão), predomínio de sol. No Cariri-Curimataú, a temperatura máxima deverá ficar em torno dos 34º C e a mínima, dos 18º C.

Confira a temperatura para as demais regiões:

Litoral – máxima de 30º C e mínima de 25º C

Agreste – máxima de 30º C e mínima de 19º C

Brejo – máxima de 28º C e mínima de 19º C

Alto Sertão – máxima de 36º C e mínima de 22º C

Sertão – máxima de 36º C e mínima de 22º C

Roda de Conversa: Hospital Arlinda Marques implanta canal de comunicação entre acompanhantes e a gestão

Posted: 28 Sep 2016 08:34 AM PDT

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede hospitalar do Estado, criou mais um canal de comunicação e que está servindo como espaço de aconselhamento e escuta entre acompanhantes das enfermarias da clínica médica e cirúrgica do hospital, do ambulatório e a gestão. Trata-se da "Roda de Conversa", que acontece todas as segundas-feiras à tarde na área de convivência da clínica médica e reúne psicólogos, assistentes sociais e a Ouvidoria.

Nesses encontros, os acompanhantes dos pacientes relatam os problemas enfrentados no dia-a-dia do ambiente hospitalar e a partir daí toda a equipe que coordena o projeto se une em busca de uma solução. Enquanto o bate papo acontece com os acompanhantes, as crianças participam de atividades lúdicas e recreativas.

Para a diretora técnica do Hospital,  Fernanda Morais, a Roda de Conversa é um dispositivo de cuidado que está sendo desenvolvido por profissionais da Psicologia e Serviço Social, envolvendo acompanhantes de crianças e adolescentes internados nas enfermarias do hospital e que cria reais possibilidades de mudança  nas relações entre estes e as equipes que os assistem.

"Enquanto estratégia de acolhimento, a partir de uma escuta qualificada, contribui com uma interlocução mais efetiva entre os usuários /trabalhadores/gestores/instituições formadoras que utilizam o espaço do serviço como cenário de práticas da formação de seus alunos, e  assim contribuir  na busca da garantia  do cuidado integral e humanizado na defesa de uma vida saudável", comentou.

Ilara Nóbrega, chefe do Núcleo de Ações Estratégicas do Arlinda Marques, explica que a Roda de Conversa tem como tema: "Compartilhando informação e socializando acesso a direitos sociais" e busca ser um espaço para acolhimento e escuta ao acompanhante de forma a promover o acesso à clientela que busca ajuda no serviço, respeitando as subjetividades, sem abrir mão de colocar os limites necessários, criando um canal entre pacientes, familiares, colaboradores e gestão.  "Acreditamos que o  acesso e acolhimento são essenciais no atendimento,  para que se possa incidir positivamente sobre o estado de saúde dos pacientes e de toda coletividade", afirmou Ilara Nóbrega.

A coordenadora de psicologia, Maria Abigail A. T. Luna, explica que durante a "roda de conversa"  é adotada uma metodologia participativa, visando a construção de um espaço onde os acompanhantes reflitam acerca do cotidiano da hospitalização, e uma melhor adaptação à rotina hospitalar, bem como melhorar a comunicação e a interação entre usuários e equipe de saúde. "Será viabilizado nas rodas de conversa um trabalho multiprofissional e interdisciplinar objetivando enriquecimento e troca de saberes entre os profissionais de múltiplas áreas e os acompanhantes", afirmou a psicóloga.

De acordo com Maria Janete Cavalcante, coordenadora do Serviço Social do Arlinda Marques, os  encontros contam com  a participação de profissionais e estagiários da psicologia e do serviço social. "Contamos ainda com o apoio das brinquedistas e pedagogas da brinquedoteca, como também com a participação do Grupo de Trabalho de Humanização, (GTH), além do suporte de colegas de outras áreas profissionais (nutrição, fisioterapia, enfermagem, odontologia, controle de infecção hospitalar, entre outros) visando uma integração e correspondência de saberes", destacou.

 

Governo realiza oficina de zoneamento da Área de Proteção Ambiental de Tambaba

Posted: 28 Sep 2016 06:27 AM PDT

O Governo do Estado, por meio da Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) realizou,  na  terça-feira (27), a última oficina  de Zoneamento da Área de Proteção Estadual de Tambaba  (APA). A atividade aconteceu no auditório da Pousada Paraíso dos Colibris, localizado no município do Conde, Litoral Sul paraibano.

Na ocasião, foi consolidado e aprovado por unanimidade  o zoneamento  da Unidade de Conservação da Área de Proteção Ambiental de Tambaba,  com  as normas de uso da localidade e o manejo dos recursos naturais, inclusive com a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da unidade de conservação.

Na atividade estavam presentes representantes das secretarias Estaduais de Turismo e do Meio Ambiente,  os  secretários de Meio Ambiente do Conde e Pitimbu, integrantes do Conselho Gestor da Unidade de Conservação  constituídos por instituições governamentais e da sociedade civil .

O superintendente da Sudema, João Machado Sobrinho, ressaltou a importância da atividade. "O trabalho é árduo, mas gratificante, essa região é uma dádiva aos paraibanos, e acredito que conseguiremos conservar esse rico ecossistema, por meio de uma gestão democrática e participativa", destacou.

O secretário executivo de Meio Ambiente do Estado, Fabiano Lucena explicou a importância da Unidade de Conservação e salientou o pioneirismo do Plano de Manejo. "A APA de Tambaba é uma das mais importantes unidades de conservação do Estado. Por tantas características peculiares o Governo do Estado priorizou a construção do plano de manejo na localidade para estabelecer um ordenamento, sendo este  o primeiro plano de Manejo de Unidade de Conservação estadual", ressaltou.

Segundo o secretário executivo do Turismo do Estado, Ivan Burity a iniciativa  vai alavancar o turismo estadual.  "Toda a  Costa do Litoral Sul da Paraíba está embargada  há 15 anos, porque nescessitava deste plano de manejo para definir o que pode ser feito na localidade,  e esta oficina é exatamente o ponto crucial  de todo o trabalho que definirá  as áreas  onde pode ser ou não construídas  e  o que deve ser preservado. Com esta definição, objetivamos tornar Tambaba o primeiro Centro Oficial de Naturismo do hemisfério sul, um ganho gigantesco  para o turismo do Estado", afirmou.

Planos de Manejo – Os Planos de Manejo em Unidades de Conservação (UCs) seguem as  diretrizes estabelecidas pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), instituído pela Lei Federal nº 9.885/2000, que em seu Capítulo I, artigo 2°, parágrafo XVII, afirma que o plano de manejo é um documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais de uma UC, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas físicas necessárias a gestão da unidade.

 

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Emepa desenvolve ações para integração da lavoura, floresta e pecuária

Posted: 28 Sep 2016 05:49 AM PDT

O sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) que o Governo do Estado desenvolve por meio da parceria entre a Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater com a Embrapa Solos há dois anos já apresenta resultados que vão melhorar significativamente a vida dos agricultores familiares. O projeto consiste na conservação de solo, recuperação das pastagens visando a convivência do homem no Semiárido, garantindo alternativa de renda.

As pesquisas são desenvolvidas nas Estações Experimentais da Emepa em Alagoinha e Umbuzeiro. As duas Unidades Técnicas de Referências instaladas em Alagoinha e Umbuzeiro têm 1,6 hectare cada, observando a ajuste de componentes de integração entre lavoura, pecuária e floresta. Com as seguintes lavouras: milho e feijão macassar, espécies florestais como sabiá, eucalipto e gliricídia e a brachiaria destinada à pecuária, com o acompanhamento do pesquisador Rubens Fernandes, chefe da Estação Experimental da Emepa de Alagoinha.

Aconteceram recentemente o Seminário Técnico e Dia de Campo sobre o Sistema ILPF no Brejo Paraibano, na Estação Experimental da Emepa em Alagoinha, reunindo pesquisadores e agricultores interessados neste processo. O projeto de pesquisa integra a Chamada Pública 11/2013 – Macroprograma 4 em Rede no Nordeste, para transferência de tecnologia em sistemas de integração lavoura, pecuária e floresta.

Presente a estes dois eventos, o presidente da Gestão Unificada Nivaldo Magalhães considerou de fundamental importância a parceria com a Embrapa Solos para o fortalecimento da agricultura familiar, que já começa a apresentar resultados positivos.

Segundo o coordenador técnico André Júlio do Amaral, pesquisador da Embrapa Solos, o projeto visa a intensificação sustentável dos sistemas de produção agropecuários. A temática ILPF é uma das mais que se aproxima do uso racional e sustentável dos recursos naturais em áreas agrícolas, garantindo diversificação da fonte de renda das propriedades rurais e otimização dos recursos e insumos.

Ele explica que a manutenção do solo coberto com pastagem, lavoura e floresta em uma mesma área de forma integrada reduz significativamente a erosão do solo, aumenta a infiltração e o armazenamento de água, com reflexos positivos na qualidade dos recursos hídricos. São muitas as vantagens, desde a redução de custos no preparo até a diminuição de gases do efeito estufa. "Uma vez que a técnica de plantio direto é complementar ao sistema. É uma estratégia para recuperação de pastagem degradadas com aumento da capacidade de suporte das mesmas, desde que se evite o super-pastejo", explicou.

Sobre a parceria com a Emepa, André Amaral disse que entre outras coisas, a meta é a formação de agentes multiplicadores em ILPF, inclusive junto às instituições de ensino, visando a recuperação de pastagens degradadas, o uso do plantio e fixação biológica de nitrogênio. Todas as ações estão alinhadas ao Programa Agricultura de Baixa Emissão de Carbono – ABC.

O ILPF na região do Brejo paraibano está integrado ao programa ABC da Paraíba que visa a uma agricultura de baixa emissão de carbono coordenado e elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e da Pesca – Sedap. Na Paraíba, os trabalhos vêm sendo avaliados e conduzidos desde julho de 2015. A expectativa é de que, em 2018, os resultados relacionados aos sistemas implantados estejam disponíveis aos agricultores, informou o chefe da Estação Experimental de Alagoinha, Rubens Fernandes.

Ao longo deste período vão ocorrer seminários, cursos e dias de campo destinados, sobretudo, para estudantes, técnicos e agricultores. Por meio deste sistema de produção sustentável será possível a preservação dos agroecossistemas, integrando as atividades agrícolas, florestal e pecuária numa mesma área, em cultivo consorciado, de modo a atingir a valorização do homem e economia rural.

Fotos--Emepa_portal foto emepa 2 28 09 DSC_0745-Emepaportal DSC_0744-Emepa_portal

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Fala Governador 26-09-16 Campina Grande

Posted: 28 Sep 2016 04:52 AM PDT

Fala Governador 26-09-16 Funcionalismo (folha de pagamento)

Posted: 28 Sep 2016 04:51 AM PDT

Fala Governador 26-09-16 Jogos Escolares

Posted: 28 Sep 2016 04:49 AM PDT

Diário Oficial de 28.09.2016

Posted: 27 Sep 2016 05:52 PM PDT

Tecnologia do Blogger.